Compartilhando a Palavra de Deus na Tailandia

Compartilhando a Palavra de Deus na Tailandia

Visitando a igreja central em Bangkok

Visitando a igreja central em Bangkok

 

Porque não mostrar fotos

O principal motivo ao criar esse artigo segue aos irmãos do Brasil que nos fizeram esse pedido para nós compartilharmos em fotos nossas missões e atividades na presença de Deus aqui na Tailândia. O que pra mim é um pouco difícil realizar esse pedido porque não costumo fotografar ou registrar a nossa vida com Deus aqui, e isso até me ajudou a refletir mais sobre tudo. Um dos motivos pessoais que compartilho também é que sempre tenho comigo que não curto fotografar ou divulgar pela internet diretamente as pessoas daqui, até porque não sei se elas querem aparecer, então tive que conversar com uma a uma para ver quem me autorizava ou se tivesse algum problema, até então vi que eu podia escrever esse artigo, confesso que será o primeiro e único.

Primeiro e único artigo dessa forma

Será o único pelo fato de que não trabalhamos dessa forma como instituições e igrejas do sistema religioso promovem ou esperam. Por causa de insistentes conselhos e pedidos de irmãos reuni aqui nesse espaço um pouco das nossas atividades e experiências. Disse á um irmão: Se for para compartilhar experiência para que ajude de alguma forma ou encoraje algum irmão ou irmã a fazer o mesmo, por Deus e pensando no próximo aqui estou justamente fazendo isso de coração. Seja bem vindo esperamos que goste e compartilhe com seus próximos, irmãos, amigos e familiares.

Durante as minhas peregrinações na Tailândia sempre na presença de Deus, minha esposa e eu temos o objetivo para cada vez mais ir compartilhando a Palavra de Deus na Tailandia com os nativos de diversas regiões do país. Não nos concentramos em 1 só lugar, sempre nosso foco é ir onde igrejas ou instituições não vão Explico abaixo:

Você também pode ler este artigo:

Duas Formas de Ser Missionário na Tailândia

Nosso foco não é visitar “igrejas”

As nossas visitas aconteceram ao acaso ou até o momento em que vimos uma realidade que não condiz com o que dizem.

O mais comum do missionário estrangeiro na Tailandia é estar no conforto sendo acolhido por uma instituição ou igreja seja o que for, ser remunerado, estar em grupo, ter onde dormir, participar de fotos sendo garoto propaganda do marketing gospel, comer, e voltar para o Brasil contando histórias para dar continuidade a farsa das missões, enfim as necessidades básicas há 2 locais comuns que oferecem isso: Bangkok ou Chiang Mai.

Nós focamos em locais onde as igrejas não querem ir, praticamente os cidadãos e vilarejos nunca ouviram falar de Deus. E existe muito desses locais, essas pessoas não estão nem um pouco sabendo sobre o que é acreditar em Deus. Jesus para eles é ensinado em algumas escolas apenas rapidamente que é um dos deuses que eles conhecem assim por milhares, dessa forma que os thai estão acostumado a adorar e idolatrar imagens e estátuas. Veja o como é difícil para eles compreenderem sobre o Deus que não tem imagem ou estátua. Esse assunto é muito complexo, e é necessário praticamente um curso para um aprofundamento no assunto, portanto nesse artigo tento apenas abordar um pouco.

Budismo Tailandes

Sem entrar em termos técnicos: O budismo tailandês se mesclou com a cultura e educação do povo gerando a “identidade” do povo. Então o tailandês se identifica que, ser tailandês é ser budista. Se um tailandes em qualquer idade se converte a Jesus, ele estará dizendo para os demais que ele está rejeitando a cidadania tailandesa dele e essa confusão entre religião e cultura é um dos principais motivos para que o “cristianismo” não cresça.

Dados sobre o cristianismo

Dentro da estatística cristã na Tailandia apenas 1.3% dos tailandeses se converteram ao “cristianismo” proposto pelas “igrejas”. Porém sabendo-se dos seguimentos que o cristianismo tem dividindo essa porcentagem encontra-se então 0,5% de protestantes e 0,8% entre católicos, testemunha de jeová, mórmons e etc…

A partir desses dados você pode concluir também, que há um grande desafio pela frente para compartilhar o evangelho com o próximo aqui na Tailândia.

Acompanhe em fotos exemplos de atividades que fizemos, lembrando que pouco registramos em fotos, há também videos.

Observação

Na Tailândia as pessoas podem autorizar fotos verbalmente porém, elas podem esquecer ou por motivos pessoais podem pedir censura nas fotos, até mesmo por se esquecerem que autorizaram antes. Por este fato é complicado registrar esse trabalho. Teria que haver 1 contrato para cada foto, para lembrar as pessoas que elas autorizaram antes, é muito burocrático.

Jornal Tailandes Nation

Nosso testemunho saiu no jornal nacional tailandês em duas edições para todo o país!

Falando de Deus em Rede Nacional Nosso Testemunho contando sobre a transformação de Deus em nossas vidas, saiu em um jornal tailandes de distribuição para todo o país na Tailândia. O Jornal não é de igreja e não tem vínculo a nenhuma religião. É um jornal de tiragem para todo o país. O testemunho forte deu tanto resultado que resolveram lançar em 2 edições semanais sobre a história de Amor de Deus em nossas vidas! Glórias a Deus! Khob Khun Prachao! Khun Lauro and Aryada Botelho Amem!

Falando de Deus em Rede Nacional
Nosso Testemunho contando sobre a transformação de Deus em nossas vidas, saiu em um jornal tailandes de distribuição para todo o país na Tailândia.
O Jornal não é de igreja e não tem vínculo a nenhuma religião. É um jornal de tiragem para todo o país. O testemunho forte deu tanto resultado que resolveram lançar em 2 edições semanais sobre a história de Amor de Deus em nossas vidas!
Khob Khun Prachao!
Khun Lauro and Aryada Botelho Amem!

Próprios Recursos

Não seguimos nenhuma organização, instituição ou denominações. Não somos remunerados por isso. Seguimos a Jesus nosso Salvador que nos deu a Graça e de graça assim o fizemos como Ele nos ensinou. O custo para que isso aconteça é grande para nós. Para cada semente plantada, tudo acontece com a Ajuda de Deus missão feita é fruto também de semeaduras (doações) de irmãos e irmãs esclarecidos no verdadeiro Evangelho das Sagradas Escrituras. Não temos apoio de nenhuma igreja.

Não temos objetivo de fundar ou abrir igreja ou templo de qualquer espécie.

Nosso Sonho é o Sonho de Deus que nos eleva para desafios maiores. Queremos e buscamos de coração compartilhar a Benção do Evangelho e da Graça que Deus nos deu.

Ter um dia recursos e alguma estrutura para acolher e auxiliar mais pessoas que realmente necessitam, também é um Sonho, porque a Tailândia carece do Real Evangelho aquele que Jesus viveu e nos ensinou.

Dificuldades

Algumas vezes já foi necessário passar por muitos sacrifícios, dias sem comer, sem dormir ou dormindo mal, caminhar 23km ou mais debaixo de um sol escaldante ou na divisa da Tailândia com o Laos em um frio. Dormir em chão de hospital, embaixo das macas, ou em qualquer canto pelo chão mesmo:

Sabemos que o povo necessita de maior presença nossa, porque de costume o povo não lê livros. O conhecimento é passado por costume oralmente. Porém cada viagem que fizemos nos deslocando para lá geram custos somente para duas pessoas:

Passagens de ônibus: 1200 Bahts

ou locação de van: 3000 Bahts

Ao chegar no local tudo é longe, e todos transportes tem custo a partir de 200 Bahts pra cima. Em caso de carona e cada carona nós pagamos em média 600 Baht para ir e 600 Baht para voltar (em cada trajeto) exemplo:

Se necessitamos ir ao hospital para orar, temos que pagar 600 Baht para quem nos der a carona normalmente as pessoas possuem pickups.

Em um dia normal de oração em hospital e visita em 2 vilarejos nossos custos com transporte fica em média de:

3600 Bahts só de transporte sabendo que um dono de pickup não vai parar a vida dele só para nos dar carona, normalmente esse tem trabalho a fazer tem suas responsabilidades também e não pode ficar a nossa disposição o dia todo.

Veja e sinta na pele o que é uma viagem bizarra:

 

Fazendo com que isso aconteça, convido a caminhar comigo e refletir um pouco:

Fora a alimentação que temos que fazer porque ninguém é de ferro 🙂

3x refeições básicas ao dia = 600 Bahts apertando ao máximo que podemos, o correto seria 1000 Bahts.

Não podemos ficar doentes. Se ficarmos é um custo a mais, porém dentro de hospitais onde dormimos cuidando de pacientes acamados, higienizando, lavando trocando fraldas, estamos em possibilidade de adquirir no mínimo uma gripe. O que já aconteceu comigo foi um princípio de pneumonia e no meu caso como sou estrangeiro pago consulta a partir de 1600 Bahts.

Tempo

Tempo: Ninguém é mágico. Tenho que parar o meu trabalho para fazer tudo isso, e logicamente que parando de trabalhar em meu site magazinedoporto.com.br sem divulgá-lo e sem vender, não faturo, não recebo, não pago minhas contas rs 🙂 Enfim trabalhamos para também financiar nossas missões na Tailândia. Lembramos que não somos remunerados como um missionário que é enviado de alguma organização ou instituição. Aqui também sou proibido de trabalhar como empregado por não ter a permissão de trabalho para isso, toda renda precisa ser recebida de fora da Tailândia. Confesso que já até procurei empregos para tentar liberar minha permissão de trabalho, mas sem chance, a burocracia é imensa além dos custos e taxas serem muito altas que inviabiliza receber um salário baixíssimo. Isso é feito justamente para garantir empregos para somente tailandeses. Estrangeiros precisam cumprir uma série de burocracia trimestral, e o estrangeiro paga mais impostos.

Alto Custo

Analise os nossos custos básicos nesses exemplos abaixo:

Calculando o total de custo por campanha de oração na região nordeste tailandesa temos:

Saindo de Bangkok de ônibus para as Províncias do povo Esan thai, visitando 1 hospital e 2 vilarejos em apenas 1 dia total de 5400 Baht com as refeições inclusas, minha esposa e eu temos esse custo convertendo direto para dolar isso vai dar $ 154,28 e se for converter diretamente para real sem contar as taxas bancárias do Brasil R$ 581,65, Agora contando todas as taxas e impostos de IOF x3 porque a moeda real brasileira precisa converter para dolar turismo e depois para Baht tailandês nosso custo em reais em 1 dia fica em R$ 900,00 isso mesmo é de assustar! Simples de compreender: Quem recebe em moeda tailandesa o custo é daqui. Quem recebe em real brasileiro que é meu caso, das vendas do site, tenho que pagar impostos, taxas bancárias e cambiais por isso desse valor absurdo. Explico detalhadamente nesse video:

Isso acontece porque não temos o que mais nos dificulta: O transporte adequado, que se tornou nossa meta e objetivo para continuarmos lutando por essa causa, melhorar nossa forma de nos transportar para baixarmos custos.

Veja e participe do nosso Projeto Missão Samurai onde estamos captando recursos para concluir essa meta:

Já disse em alguns videos em meu canal, que em Bangkok não há a necessidade de se ter um carro pensando em somente viver no centro de Bangkok, porém a experiência de ter que se deslocar para o nordeste thai (já pegamos até carona em ambulância) é extremamente difícil. Ao saber que há locais mais distantes do centro de Bangkok, bairros, onde o aluguel é mais barato, porém o transporte se faz necessário e é feito de carro tudo ficaria mais barato, aprendi isso na prática.

Sem transporte próprio, não temos independência em pagar somente os custos de gasolina e manutenção de um carro por exemplo. Apesar de eu já ter feito minha licença tailandesa e ser habilitado para dirigir, ainda não temos o carro.

O custo de ida e volta de uma missão mais transporte traslados e caronas, mais refeição dá para pagar uma prestação de um carro aqui.

Financiamento

O que nos barra aqui é que não vendem carro para estrangeiro financiado em qualquer estado, usado ou novo, só vendem avista já tentei financiar e não permitem.

Então você pensa: Mas Lauro sua esposa é tailandesa pode comprar no nome dela… Poderia sim porém por motivos e problemas financeiros gerados pelo costume e cultura familiar e por decorrência até desses custos fora outros problemas externos ela não tem direito a financiamento, pela família dela ter contraído dívida e a dívida sendo da família também é nossa porque somos a geração mais nova. Culturalmente sei que isso é difícil de você entender. Mas aqui a nova geração se transforma em provedor da família inteira não é separado como no Brasil esse costume é dos thai e eles vivem assim há milhares de anos, as dívidas são (dividas herdadas) o que torna muito difícil sairmos do vermelho para poder financiar um carro no nome da minha esposa.

Veículo em financiamento não pode trafegar em áreas de fronteira com a Tailândia.

Há uma lei que determina apreensão imediata do veículo que não é quitado em áreas de fronteiras com a Tailândia e no entanto não teremos como financiar e ir para os locais onde precisamos ir, porque o veículo estaria alienado.

Encontramos o veículo ideal

Portanto para comprarmos um carro usado de motor econômico 1.3 que seja forte ao mesmo tempo para suportar mais área rural do que urbana em estado de mecânica boa, não sai por menos de 280 mil baht. Abaixo disso é incomodação porque uma grande parte dos thai não costumam cuidar dos carros como os brasileiros, os carros daqui sofrem mais desgastes. Além do que eu entendo um pouco de elétrica e mecânica automotiva, e conheço os principais problemas causados por falta de cuidado. Também posso usar essa minha habilidade para eu mesmo consertar meu carro usado, porém nesse momento não temos nem como cogitar a possibilidade de ter um, porque dependemos de que as vendas no meu site(depende do Brasil pois a maior parte de nossos clientes são brasileiros) + a soma das contribuições dos irmãos fosse o bastante para podermos comprar um carro usado em bom estado que sirva como nossa ferramenta de missão de evangelismo na Tailândia.

Na prática apesar de estar tentando, sozinho não consigo comprar o carro usado que seria nossa ferramenta, lembre-se que temos os demais custos para a missão sem contar nosso custo de vida aqui.

Inspiração divina nós como um todo

Por isso que me inspirei com a ajuda de Deus, na ajuda da união de todos nós brasileiros e criei o sistema de financiamento colaborativo para captar recursos mencionado acima.

Isso não é um pedido de ajuda pessoal que só beneficiaria 1 pessoa, é um pedido de mãos dadas para uma causa que irá beneficiar o plantio e colheita dos frutos de Deus. Pensando de forma simplificada: Se 2000 pessoas de bom coração contribuíssem cada uma com apenas 20 reais, todos juntos podemos atingir esse objetivo, teríamos a chance de completar o restante que falta aqui, para comprar um carro usado e seguirmos em frente tendo posteriormente menor custo, teríamos como dormir dentro do carro, podendo ampliar nossas visitas e até alcançar novas terras para semear, ajudar até buscando alguns missionários que também vivem fora do sistema, em aeroportos ou levando conosco!

Projetos

Estamos orando para Deus nos ajudar de alguma forma, temos mais projetos também importantes para executar, mas um depende do outro por serem degraus de uma escada para alcançarmos o Reino de Deus, posteriormente escreverei em outro artigo.

Enquanto isso estamos visitando os hospitais de Bangkok e quando conseguirmos juntar recursos financeiros, nós vamos as campanhas no nordeste tailandês.

Bom espero que gostem e compartilhem esse artigo até para nos ajudar a divulgar essas experiências com o próximo. Meu foco é ajudar o máximo de pessoas que conseguir, mesmo quebrado nesse momento, sou persistente e espero em Deus sempre.

Se você leu tudo até aqui, na foto abaixo tem uma mensagem pra você.

Essa última foto foi uma mensagem vivida por mim, mas serve para você: Não deixe as coisas de Deus para Depois. Meus planos era para vir depois do que Deus queria para mim. Mas Deus adiantou minha vinda para a Tailândia. Se eu tivesse escolhido o meu tempo a minha vontade, talvez eu não encontrasse a minha esposa viva. Pois cheguei no tempo adiantado de Deus por Ele tinha pressa, e logo em seguida minha esposa adoeceu e quase morreu por falência dos rins e sistema digestivo, precisava de uma cirurgia em todo o torax segundo os médicos tailandeses. Estando aqui no tempo certo de Deus levantei uma campanha em oração com irmãos tailandeses e irmãos no Brasil. Resumo no dia seguinte minha esposa mesmo doente saiu comigo de leito em leito para orar pelo próximo, pessoas com infartes foram curadas, e minha esposa no segundo dia estava curada, deixando os médicos confusos e nós voltamos para casa caminhando alegre em Deus!

Essa última foto foi uma mensagem vivida por mim, mas serve para você: Não deixe as coisas de Deus para Depois. Meus planos era para vir depois do que Deus queria para mim. Mas Deus adiantou minha vinda para a Tailândia. Se eu tivesse escolhido o meu tempo a minha vontade, talvez eu não encontrasse a minha esposa viva. Pois cheguei no tempo adiantado de Deus pois Ele tinha pressa, e logo em seguida minha esposa adoeceu e quase morreu por falência dos rins e sistema digestivo, precisava de uma cirurgia em todo o tórax segundo os médicos tailandeses. Estando aqui no tempo certo de Deus levantei uma campanha em oração com irmãos tailandeses e irmãos no Brasil. Resumo no dia seguinte minha esposa mesmo doente saiu comigo de leito em leito para orar pelo próximo, pessoas com infartes foram curadas, e minha esposa no segundo dia estava curada, deixando os médicos confusos e nós voltamos para casa caminhando alegre em Deus! Não escute a homens seja a quem for… Não escute a você… Escute a Deus. Amem!

 

Agradecimento a Deus e aos nossos colaboradores e amigos do projeto Missão Tailândia que estão nessa lista clique aqui.

Para colaborar é simples é só clicar nessa imagem abaixo e ir para a página do projeto, onde há toda informação do projeto e no fim dela você pode fazer sua colaboração:

Agradeço por ler até aqui e acompanhar essa jornada conosco, aguarde tem mais artigos saindo do forno!

Bençãos do Criador de Tudo em sua vida!
Amem!

Lauro & Aryada Botelho